Distanciamento social, esporte e bem-estar. Como os brasileiros têm se exercitado durante a pandemia

Atualizado: Mar 15

É inegável o quanto a pandemia do coronavírus alterou o comportamento e transformou a forma como os brasileiros enxergam o mundo. Com o tempo, percebemos que teríamos que nos adequar a uma nova realidade, sem abrir mão dos costumes que éramos acostumados na era pré-covid. Dessa forma, as relações pessoais e os hábitos de consumo passaram a ser digitalizados. Mas, e as práticas esportivas? Como será que as pessoas têm se exercitado? Para responder a essa questão, o Google promoveu a pesquisa “Google Sports Study: os brasileiros e o esporte”. Siga com a gente e confira a seguir no Blog do Café Terreiro, quatro insights e tendências citadas no estudo da multinacional.

1. Novos tempos, novas propostas: o formato de consumo foi readequado, os canais, também. Embora o futebol ainda seja a verdadeira paixão nacional e siga como o esporte preferido de 70% dos brasileiros, com o avanço tecnológico e a consequente inclusão digital, as pessoas passaram a seguir outras modalidades esportivas, como o basquete, o vôlei e o tênis. Já em relação a prática de exercícios, os atletas amadores expandiram as suas possibilidades e passaram a praticar caminhadas, pedais e corridas de rua. O antigo protagonismo da TV, agora deu espaço aos streamings. Atualmente, muitos consumidores têm acompanhado o universo esportivo pelo YouTube. Nesse contexto, as marcas têm a oportunidade de se conectarem com seus consumidores, seja a partir das modalidades esportivas ou dos seus ídolos. Se antigamente o alcance obtido pelos canais abertos de televisão era essencial para vender o conceito de esportistas renomados (como Michael Jordan na década de 80), atualmente, a internet promove, não só o acompanhamento constante, como também, a aproximação dos nossos “heróis”.

2. Bem-estar como prioridade Mais do que esbanjar um abdômen sarado ou um corpo perfeito, manter o bem-estar, a saúde e, principalmente e imunidade em dia, se tornou uma questão primordial na vida dos brasileiros durante a pandemia. Por esse motivo, houve um crescente interesse por atividades físicas como pilates e yoga. Segundo o Google, a maior parte das pessoas se exercita em casa, através de vídeos do YouTube, sem o auxílio presencial de nenhum tipo de técnico ou especialista. Nas fases de flexibilização da quarentena, muitos adeptos de atividade físicas retornam às academias, enquanto uma outra parcela preferiu as modalidades outdoor, como surf e skate.

3. Essa batalha só começou Mesmo que os brasileiros estejam buscando formas de se manterem saudáveis, de acordo com a pesquisa do Google, apenas 19% deles têm uma rotina esportiva constante. Nesse contexto, 2 em cada 3 brasileiros dizem estar insatisfeitos com a sua prática de exercício atual.

4. Sportainment Do futebol aos esportes digitais, 50% dos brasileiros acompanham conteúdos esportivos. De uns tempos para cá, eles não assistem seus atletas ou times do coração apenas pela TV, afinal, as plataformas online têm se mostrado cada dia mais relevantes, se comparadas aos meios tradicionais. Enfim, gostou de descobrir como os brasileiros têm se exercitado durante a pandemia? Conte para nós nos comentários e continue de olho aqui no blog, em breve, voltaremos com muitas novidades para você, coffeelover!

Um grande abraço até breve!

25 visualizações0 comentário